Blog_old‎ > ‎

Conheça o Impressionismo | Aula particular de inglês com arte

postado em 6 de mar de 2014 14:26 por Daniel Faria de Freitas   [ 20 de ago de 2014 09:00 atualizado‎(s)‎ ]
Aula particular de inglês com arteAula particular de inglês com arte
O URL específico do gadget não foi encontrado

Você sabe como começou o movimento de arte conhecido como “Impressionismo”? Sabe como surgiu esta designação? Então prepare-se para uma leitura, pois o professor particular de inglês Jesse Guelfi também ensina sobre História da Arte!

Durante a segunda metade do século XIX, Paris era a cidade mais desenvolvida da Europa. Grandes exposições de arte aconteciam nos Salões Oficiais e a crítica sempre se fazia presente. Neste cenário um grupo de artistas começou a se sentir frustrado por sempre ser excluído destes salões. Suas obras eram consideradas fora dos padrões que foram estabelecidos desde a arte Renascentista. Em geral, as obras destes jovens artistas retratavam imagens corriqueiras e não apresentavam detalhes nem contornos, sendo até chamadas de simples esboços pela crítica.

Cansados desta exclusão, em 1874 trinta artistas se reuníram e criaram sua própria exposição no estúdio do fotógrafo Félix Nadar. Entre estes artistas estavam:

  • Claude Monet (1840 - 1926)
  • Pierre Auguste Renoir (1841 - 1919)
  • Edgar Degas (1834 - 1917)
  • Camille Pissarro (1830 - 1903)
  • Alfred Sisley (1839 - 99)
  • Berthe Morisot (1841 - 95)
  • Paul Cezánne (1839 - 1906)

Impressão, Sol nascente

A exposição gerou confusão tanto para a sociedade quanto para a crítica. Claude Monet contou, anos depois, que havia sido questionado sobre uma de suas obras:

“Eles queriam saber com qual título ela iria figurar no catálogo pois na realidade não poderia passar por uma vista de Le Havre. Retruquei: ‘Usem Impressão’. Alguém então adotou a designação ‘impressionismo’ e foi a partir daí que a coisa começou a ficar divertida.”

Aula particular de inglês com arte | Sol Nascente de Monet
Impressão, Sol Nascente de Monet. 1873

As características inicialmente vistas como defeito passaram a ser valorizadas e o movimento ganhou força. A arte Impressionista se expandiu rapidamente e sua principal característica era a preocupação com os efeitos causados pela luz em diferentes ocasiões. Os artistas saíram de seus ateliês e passaram a pintar ao ar livre e, por vezes pintavam juntos como, por exemplo, a obra abaixo:

Aula particular de inglês com arte | Monet e Renoir
À esquerda La Grenouillere de Renoir e à direita La Grenouillere de Monet. Ambas pintadas em 1869

Herança impressionista

Após a primeira década do movimento, surgiu o que ficou conhecido como “crise impressionista”. Alguns artistas acharam que levaram longe demais a distorção da imagem para valorização da luz e então começaram a mudar o foco. Isto fez com que vertentes impressionistas surgissem. Entre elas estão o Sintetismo de Paul Gauguin e o Pós-impressionismo de Paul Cézanne.

Mesmo com esta divergência o impressionismo continuou existindo e atravessou os limites da pintura, podendo ser encontrado também como estilo literário e musical.

Recentemente aqui no Rio de Janeiro o CCBB fez uma exposição intitulada “Impressionismo: Paris e a Modernidade”, uma excelente oportunidade para se sentir vivendo na Paris do final do século XIX.

Achou interessante? Compartilhe nas redes sociais, reblogue, envie por email. Vamos espalhar conhecimento e cultura!

Este assunto e semelhantes também são abordados em apresentações multimídia durante as aulas particulares de inglês do professor Jesse Guelfi!

Share your opinion :D

O URL específico do gadget não foi encontrado


Comments